Dermatologista ZONA LESTE

A aplicação dos diferentes tipos de lasers possibilitou uma grande alteração nos procedimentos médicos, como o domínio do tratamento de lesões vasculares, pigmentadas, remoção de pelos e tatuagens, melhora dos processos cicatriciais, da acne e até o tratamento de alguns tipos de câncer de pele.

Na área de rejuvenescimento facial, os avanços são cada vez maiores, pois as pessoas estão procurando alternativas não cirúrgicas para a melhoria da face.

Com isso o laser começou a ser difundido na área da Dermatologia.

Porém, é de extrema importância saber como o laser interage na pele e saber como atingir o ponto ótimo, sendo assim sempre que optar por um tratamento a laser, deve procurar um dermatologista especializado, para que ele possa avaliar a quantidade de sessões, o local a ser tratado, o tipo de pele e todos fatores que possam influenciar no tratamento.

    Dermatologista Zona Leste – Depilação a laser – SkinLaser

    Para iniciar o tratamento, o paciente deve se submeter á uma avaliação com um dermatologista, com isso é tomado conhecimento de qual é o melhor equipamento para determinados tipos de pele. A depilação a laser proporciona melhor resultado quando se têm pelos grossos e escuros e uma pele clara, pois a energia do laser é absorvida pela melanina presente no pelo e transmitida para o folículo piloso, o qual é destruído acabando com as chances de nascer outro pelo. Quanto maior a concentração de melanina, maior é a absorção de energia e consequentemente o tratamento é mais efetivo. Durante a avaliação no consultório dermatológico é determinamos a quantidade de sessões de depilação a laser, variando de acordo com o local a ser tratado, a quantidade dos pelos e a cor da pele do paciente. A dermatologista também estima o intervalo entre as aplicações junto com a duração de cada sessão. Dra. Silvia Kaminsky CRM – SP 68968, recomenda que pelo menos por quatro semanas antes do início do procedimento, o paciente evite o sol.>

    Dermatologista Zona Leste - Rejuvenescimento Facial – SkinLaser

    Conforme o envelhecimento da pele, a mesma se torna mais fina e menos elástica, tendo como seus principais sinais a flacidez, perda de elasticidade e alterações de coloração. As áreas mais afetadas são a face, o colo, o pescoço e as mãos. Com isso, o tratamento de rejuvenescimento facial tem como objetivo a restauração de uma aparência mais jovem, ajudando a reverter os danos do sol e a aparência envelhecida, fazendo com que a pele fique mais saudável e atraente. Um dos procedimentos mais utilizados é o tratamento com laser não ablativo, ou rejuvenescimento não ablativo, onde ocorre a formação de um novo colágeno e síntese da matriz extracelular para reverter a aparência de rugas e fotodano.

    Dermatologista Zona Leste – Rejuvenescimento Extrafacial – SkinLaser

    As regiões extrafaciais apresentam peculiaridades importantes como a capacidade de cicatrização bem mais baixa se comparada com a da face. Por esta e outras razões, qualquer procedimento deve ser extremamente cauteloso e acompanhado por um dermatologista especializado. A pele da mão, devido ao fotoenvelhecimento, sofre atrofia e perda da elasticidade, surgem os lentigos solares, ceratoses actínicas, e até em alguns casos, cânceres de pele. Já no pescoço e colo, além dos lentigos solares, da elastose e da atrofia cultânea, observa-se com certa frequência a poiquilodermia de Civatte. Os tratamentos mais utilizados são os tópicos, microdermoabrasão, peelings químicos, crioterapia com nitrogênio liquido e neve carbônica, laserterapia, luz intensa pulsada, radiofrequência, escleroterapia, preenchimentos com ácido hialurônico, restauradores de volume como o ácido polilático e lopomodulação com gordura autóloga.